Medicamentos inovadores para o tratamento contra o câncer

Recepta Biopharma

Recepta Biopharma

Biotecnologia em favor da vida

A Recepta Biopharma (ReceptaBio) é uma empresa brasileira de biotecnologia dedicada à pesquisa e ao desenvolvimento de novos fármacos para o tratamento do câncer. A Recepta foi fundada em 2006, fruto de uma parceria de empresários brasileiros com o Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer (LCR), compartilhando a visão de que o Brasil oferece um conjunto significativo de vantagens competitivas para o desenvolvimento da biotecnologia voltada para saúde humana.

01. Anticorpos Monoclonais

Geração de linhagens e desenvolvimento de anticorpos monoclonais para uso clínico no tratamento de diversos tipos de câncer, incluindo testes pré-clínicos e clínicos. Em particular, a ReceptaBio está desenvolvendo dois anticorpos imunomoduladores de última geração.

02. Peptídeos

Descoberta e pesquisa de peptídeos com potencial para uso clínico no tratamento do câncer, conforme verificado em testes pré-clínicos in vitro e in vivo.

O câncer

O câncer

Uma nova opção terapêutica

O câncer é a segunda principal causa de morte em todo o mundo e será responsável por 9,6 milhões de mortes em 2018. Globalmente, quase 1 em 6 mortes é devida ao câncer. Aproximadamente 70% das mortes por câncer ocorrem em países de baixa e média renda. No Brasil, a estimativa para 2018 é de quase 600 mil novos casos de câncer (Instituto Nacional do Câncer - INCA). Ao contrário da doença cardíaca, as taxas de sobrevivência ao câncer não melhoraram significativamente nos últimos 50 anos. O câncer continua, assim, representando um desafio para a ciência médica.
Saiba mais...

14 milhões

A cada ano, mais de 14 milhões de pessoas no mundo são diagnosticadas com câncer

9,6 milhões

O câncer é a 2ª. principal causa de morte em todo o mundo e será responsável por 9,6 milhões de mortes em 2018

600 mil

Brasil deve ter 600 mil novos casos de câncer por ano no biênio 2018-2019

Produtos ReceptaBio

Produtos ReceptaBio

A inovação para o tratamento do câncer

O desenvolvimento de anticorpos monoclonais e peptídeos, como agentes diagnósticos ou terapêuticos, envolve várias etapas de pesquisa, entre elas os estudos pré-clínicos e os testes clínicos. Navegue em nosso portfólio, clicando nos nomes dos produtos, para conhecer mais sobre cada biofármaco.

ProgramaParceirosDescobertaDesenvolvimento Pré-ClínicoFase I/II
Modulador Checkpoint RebmAb700 • Agenus Inc.

ANTI-PD-1

RebmAb600 • Agenus Inc.

ANTI-CTLA-4

Anticorpo-fármaco conjugado RebmAb200 • Mersana Therapeutics

Anticorpo monoclonal RebmAb100 • Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)
• Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer (LCR)

RebmAb300 • Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)
• Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer (LCR)

RebmAb400 • Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)
• Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer (LCR)

Peptídeo Rb9 • Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)
• Unidade de Oncologia Experimental da Universidade Federal do Estado de São Paulo – UNIFESP

Notícias

Notícias

Notícias e artigos sobre o universo da Biotecnologia e tratamento do câncer

Projeto pode reduzir em 80% custo da imunoterapia.

12 de janeiro de 2019 Imunoterapia contra o Câncer

Publicado por Míriam Albagli

Projeto pode reduzir em 80% custo da imunoterapia.

A imunoterapia consiste em utilizar o sistema imune do paciente para eliminar o câncer. Porém, atualmente, o custo para o tratamento é inviável para uma grande parte da população acometida pela doença. Esse tipo de medicação não é fornecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A ReceptaBio, empresa brasileira de biotecnologia, espera reduzir em 80% o custo dos remédios imunoterápicos.

Imunoterapia em desenvolvimento: dados promissores em câncer de colo uterino.

A empresa brasileira Recepta Biopharma, em parceria com a empresa norte-americana Agenus Inc., está desenvolvendo anticorpos imunoterapêuticos inovadores para o tratamento do câncer, AGEN1884 e AGEN2034. A imunoterapia vem revolucionando o tratamento de diversos tipos de tumor.

Empresa brasileira quer vender tratamento oncológico 80% mais barato.

A ReceptaBio planeja lançar uma modalidade de tratamento contra o câncer que custa apenas um quinto do que é cobrado hoje. Para isso, novas alternativas para a imunoterapia estão sendo estudadas pela empresa, que é especializada no desenvolvimento de anticorpos monoclonais. Entenda...

Top